Trail Running Brasil

Ara├žatuba Half Marathon por Ernani de Souza

Por Ernani de Souza
23/02/2018 - 12:36 - sul

Estive em Tijucas do Sul, no Paraná, para abertura do Circuito Skyrunner National Series Brazil que neste ano vem para fortalecer o trail running nacional.

Minha decisão foi de disputar o circuito Skyrace, que compreende provas com distâncias até 25km. Teremos 3 etapas nesta temporada sendo a primeira o Araçatuba Half Marathlon; a segunda, KTR Campos do Jordão; e a grande final na Maratona dos Perdidos. Como o circuito acontecerá apenas no primeiro semestre, se encaixou muito bem na minha programação, pois as minhas provas com distâncias maiores estão agendadas para o segundo semestre.

Eu já havia estado no Araçatuba em outra oportunidade, porém o traçado desta prova de 22km tinha quase que a sua totalidade desconhecida por mim. Em muitos trechos que eu já conhecia de outra oportunidade passamos desta vez no sentido inverso, o que torna a trilha com um perfil bem diferente.

Acredito que muitos atletas, principalmente os residentes fora do estado do Paraná, estavam ansiosos para conhecer a montanha, bem como saber o que uma prova de Skyrunning tem de diferente. Eventos com a chancela da ISF (International Skyrunning Federation) precisam respeitar um padrão de normas técnicas que fazem com que tenham características bem parecidas seja na América ou na Europa.

Minha avaliação do evento começou logo na sexta feira quando fui retirar meu kit. A entrega aconteceu em uma loja de material esportivo, algo que julgo ser bem interessante pois assim o atleta pode adquirir algo que esteja precisando para competir no dia seguinte. Sem contar que o organizador retribui o apoio recebido por parte do lojista. No mesmo dia e local estava acontecendo a entrega de kits de uma corrida de rua que aconteceria no domingo em Curitiba, mas tudo correu muito bem, sem tumulto e com a cordialidade que se espera para este tipo de recepção ao atleta. O kit continha tudo que foi prometido e nada além do necessário.

No dia da prova cheguei ao local da largada com pouco mais de uma hora de antecedência. Por lá meu olhar crítico percebeu que tudo fluía muito bem, pois não tinha nenhuma "correria" por parte dos organizadores. O locutor a todo momento alertava para que os atletas se preparassem para a checagem dos itens obrigatórios, bem quanto tempo faltava para a primeira largada.

A largada aconteceu no horário marcado e logo fomos para montanha. Uma marcação impecável nos levava para belas trilhas que circundam a montanha antes de atacarmos o cume.

Fiscais em pontos estratégicos da prova, socorristas em locais de possível perigo - além de cordas para auxiliar a progressão nos lugares mais íngremes - eram a mistura do apoio logístico que o atleta tinha disponível para auxiliá-lo em sua jornada.

Ao final da manhã todos estavam com um sorriso no rosto e com a felicidade de ter feito uma prova dura, mas ao mesmo tempo extremamente divertida onde tudo correu bem.
Para finalizar, faltava a premiação. Essa aconteceu exatamente no horário marcado sendo que alguns minutos antes foi fixado os resultados para possíveis reclamações e ajustes. Esta ação considero muito importante, pois achar um erro e ter que julgar alguma reclamação depois que os atletas já estão no pódio é sempre muito chato e mostra um certo despreparo dos organizadores que não planejam adequadamente os detalhes importantes para seu evento.

Para mim o ponto alto na abertura do Circuito Skyrunner National Series Brazil foi a realização do Youth National Skyrunning Champs ou melhor dizendo, o campeonato brasileiro juvenil de Skyrunning para atletas de 16 a 23 anos. Ações como esta de realizar um campeonato exclusivo para nossos jovens atletas, colocando os mesmos em evidência, além de criar artifícios que possam gerar interesse por parte dos garotos com certeza a médio e longo prazo irá auxiliar na criação de uma nova geração de atletas para substituir a atual, que ao meu ver hoje é praticamente de atletas veteranos.

Por fim, segundo a minha visão, o evento foi perfeito. Nós atletas desejamos que todas as etapas do circuito skyrace, bem como das outras distâncias, possam seguir este padrão de organização pois desta forma todos sairemos felizes e satisfeitos.

Em tempo:
A minha prova foi muito boa. Infelizmente não consegui dar combate durante muito tempo aos lideres da disputa, mas terminei na 3ª colocação geral e voltei para casa com a certeza que terei que "tirar coelho da cartola" para conseguir me aproximar dessa galera que está correndo muito.

Parabéns para todos os atletas e para TRC Brasil pela excelente organização da prova.

Ernani de Souza
www.facebook.com/Ernaniatleta/
www.instagram.com/ernani_ultratrail/

Mais informa├ž├Áes sobre o evento: www.trcbrasil.com
publicidade
publicidade
Redes Sociais
Sites Parceiros
Digital Pictures
Fotografia
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente