Trail Running Brasil

Relato e estratégias de Iazaldir Feitoza na conquista do segundo lugar no Endurance Challenge Chile 2017 (partes 1 e 2)

Por Redação
19/10/2017 - 12:09 - geral

Iazaldir Feitoza conquistou a segunda colocação geral nos 160 Km (D+ 9478m / D- 9620m) do Endurance Challenge Chile 2017. O atleta brasileiro completou a prova em 23h44m e está postando em seu perfil no Instagram seu relato dividido em 4 partes:

Km 0 a Km 40
Km 41 a km 80
Km 81 a km 120 (a ser publicado)
Km 121 a km 160 (a ser publicado)

Além de saber como foi sua prova trecho a trecho, é interessante conhecer como ele vê a prova e monta a estratégia ao longo do percurso. E caso ainda não tenha feito, aproveite para seguir o atleta em @iazaldir

 

Endurance160 - Parte 1 km 01 à km 40 Sempre tive o sonho de testar meus limites físicos e mentais em uma prova de cem milhas. O projeto para debutar na @echallengechile começou no início de junho e definimos que era possível fazer um tempo sub 24h. A estratégia principal foi dividir a prova em quatro maratonas. Largada Sexta-feira 13/10 - 5am Largamos a 1100msnm em uma subida interminável de 20k onde atingiríamos 2300msnm. Tive como estratégia sustentar-me no primeiro pelote até atingirmos o primeiro ponto alto da prova. Na marca de 10k o ritmo era ditado pelo @gusreyes78, ao lado de Manuel Acunã conseguíamos mantê-lo em nosso campo visual. Acunã tinha um destes bastões roscáveis e vinha sofrendo para ajusta lo, deu um pouco de dó presenciar a sua agonia com os bastões. Pedi licença, desejei boa sorte e segui em frente agora na sede em alcançar o primeiro cume. Marca de 20k alcançada era hora de colocar para baixo, uma descida de quase 10k iriam testar pela primeira vez o trabalho realizado na sala de musculação, foi maravilhoso, as pernas estavam leves e fortes. Perto do km 25 uma pedra se "MOVEU" "KKK" entrando em meu caminho e ali tomei meu primeiro tombo. Pensei. Se cair mil vezes, terei que ter o dobro da vontade para levantar me e seguir em frente. Km 30, fiz o check eletrônico, abri mão do que era oferecido no posto de abastecimento e segui em frente. Alcançada a marca de 35k meu corpo deu o primeiro sinal de alerta e com fortes dores abdominais pensei que poderia ter fraturado uma costela com o tombo. Dei uma segurado no ritmo e me arrestei até o km 40. Sentei, respirei, dei um check em meu corpo, comi e bebi o que era oferecido no abastecimento e segui em frente. ====>continua Fotos By @matiasfbr @trailchile #iazatrailRteam #ASICSBrasil #ASICS #GOIAZA #UNICAFÉ

Uma publicação compartilhada por Iaza (@iazaldir) em

 

Endurance160 - Parte 2 Km 41 à km 80 Shangrila PC5 - 44,4 o sol já se faz presente, me sinto aquecido e finalmente posso tirar as luvas e meu casaco. Santa Martina PC6 - 59,8km meu pior momento, dores e uma queda no rendimento me empurram para a sexta colocação, penso em desistir, mas logo consigo mudar meus pensamentos e coloco como meta empurrar o máximo que conseguisse até o km 100. Portezuelo Conchali PC7 - 69,7km as dores não são mais uma companhia indesejável, pareço em transe e começo a imprimir um ritmo destruidor, consigo contato visual com os caras a minha frente, quero chutar a bunda deles e mostrar que ainda estou no jogo. Torres Santuário PC8 79,3km consigo encostar no atleta canadense, enquanto disputamos a terceira colocação, conversamos um pouco sobre como a paisagem é linda e ao mesmo tempo devastadora ====> continua Foto By @matiasfbr @trailchile #iazatrailRteam #ASICSBrasil #ASICS #GOIAZA #EnduranceProject #UNICAFÉ

Uma publicação compartilhada por Iaza (@iazaldir) em

Mais informações sobre o evento: /www.endurancechallenge.cl
publicidade
publicidade
Redes Sociais
Sites Parceiros
Digital Pictures
Fotografia
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente