Trail Running Brasil

Mais de 2700 competidores inundaram a cidade de San Martin de los Andes para o El Cruce Columbia 2016

Por Redação
10/02/2016 - 09:45 - geral

Corredores andando pelo centro de San Martin de los Andes com suas famílias, grupos de equipes de corrida tomando sol na praia, esportistas relaxando em bares cheios e muitos turistas tirando fotos em frente ao logotipo do El Cruce Columbia no lago Lácar. Este foi o cenário durante o primeiro dia de acreditação nas ruas da cidade neuqueana com a chegada dos 2.700 corredores de 33 nacionalidades para a 15ª edição do El Cruce Columbia.


Diego Winitzky

O itinerário do credenciamento começou no Hotel Patagonia Plaza e seguiu com a retirada de kit na Escola No. 134. Lá, os participaram receberam uma mochila de 110 litros para transportar todos os seus pertences aos acampamentos, onde eles vão viver uma experiência única . Cada kit é composto por: mochila El Cruce para cada corredor (obrigatório para o transporte entre acampamentos), camisa de prova El Cruce (obrigatória na corrida), polar El Cruce Columbia (blusa de frio), camisa primeira pele (camiseta fina, leve e de secagem rápida), bandana El Cruce Columbia, cobertor de sobrevivência, meias normais e de compressão Sox, mais presentes dos patrocinadores.

Entre os participantes que passaram pela acreditação, se viu a presença de atletas de elite, como Nelson Ortega. Este corredor de Cervantes, na província de Rio Negro, está pronto para sua nona participação consecutiva. "Venho com grandes expectativas, esta é uma corrida chave no meu calendário. É uma prova que marca meu ano. Além disso, conheço esses lugares, eu costumo andar por aqui. Vamos passar por muitas trilhas e eu gosto disso. Estou animado sobre o clima, será muito bom para correr ", disse o atleta, que se consagrou junto com Gustavo Reyes em edições anteriores do El Cruce Columbia, na categoria Teams.

Outro que esteve presente foi o atleta Sergio Trecaman, que retorna para El Cruce Columbia após se recuperar de uma operação, por causa de um cisto hidático nos pulmões. "Foi difícil, porque fiquei quatro meses sem correr e os médicos me diziam que deveria me cuidar por mais alguns meses. Por isso não pude estar presente ano passado. Vinha treinando bem, mas a operação foi inevitável", lembra Trecaman. Ele acrescentou que depois de descansar voltou a correr normalmente e começou a adicionar quilômetros ao treinamento, mas especialmente em corridas que lhe permitiram recuperar o nível rapidamente. Agora, com a 15ª edição a ser iniciada, Trecaman sente que tem uma nova oportunidade de continuar a demonstrar porque é um dos melhores corredores de trail running da Argentina. "Assim eu gosto de correr. É a minha maneira de ser", diz ele, acrescentando que "El Cruce Columbia é uma corrida muito estratégica, onde não adianta especular. Pelo menos eu penso assim."

O novo percurso de 2016 incluem todos os elementos de uma competição de corrida em trilha, com trilhas de montanha que atravessam cristas difíceis, travessia de lagos, montanhas de altura considerável e partes técnicas com grandes declives acentuados. Tudo entre as belas paisagens da Patagônia, na maior parte inacessíveis para o turismo tradicional. O caminho para entrar no Chile será o Hua-Hum, dentro do Parque Nacional Lanin; enquanto cada um dos três dias vai acabar com um acampamento nas montanhas, nas margens de lagos, belas praias e cozinha de campo para todos os corredores.

A primeira partida da categoria Individual Elite / Avançado está prevista para nesta quarta-feira, 10 de fevereiro de 7h30, localizada a 7 km da cidade de San Martin de los Andes, na zona rural e rodeado por montanhas majestosas. A distância percorrida será de cerca de 42 quilômetros e é caracterizada por ter trilhas de montanha e subidas e descidas importantes

Mais informações sobre o evento: www.elcrucecolumbia.com
publicidade
publicidade
Redes Sociais
Sites Parceiros
Digital Pictures
Fotografia
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente